MINISTÉRIO PÚBLICO ORIENTA QUE COMÉRCIO CONTINUE FECHADO


FLEXIBILIZAÇÃO PODE OCORRER NA PRÓXIMA SEMANA
Na tarde desta segunda-feira (08), o prefeito de Palmeiras de Goiás, Vando Vitor, o secretário de Saúde, Carlos Mamede, vereadores e o promotor de Justiça de Palmeiras, Eduardo Prego, realizaram uma reunião virtual com uma comissão de comerciantes da cidade. Na pauta, a reivindicação para flexibilizar o decreto municipal.


Vando Vitor, fez questão de frisar: “Não é o prefeito que fecha a cidade, esta decisão é tomada por orientação do Ministério Público e de um comitê de enfrentamento a Civid-19″ no município”. Vando disse ainda que o momento é crítico e todo cuidado é essencial.


Carlos Mamede também frisou que “chegamos em situação de calamidade com o agravamento da doença em todo o Brasil, e em Palmeiras como todos estão vendo não está sendo diferente”, pontuou o secretário.


CAPACIDADE MÁXIMA DE ATENDIMENTO


Mamede frisou ainda que chegamos na capacidade máxima de atendimento no município, situação semelhante ao que o Estado de Goiás enfrenta. “Neste sentido, o município decidiu acatar as orientações do Estado e do Ministério Público”, disse.


Os representantes do comércio local disseram que compreendem à gravidade da situação. Mas solicitaram que o decreto seja flexibilizado, de forma consciente e que atenda orientações preventivas no enfrentamento a doença. Eles elencaram as dificuldades enfrentadas com o fechamento.


A presidente da Câmara Municipal, vereadora Taís Lopes, confirmou que as regras editadas nesse novo decreto, são discutidas e definidas por um comitê, frisando que todas as decisões foram tomadas com o único objetivo de salvar vidas. “O diálogo é importante para chegar a um consenso”, comentou. O vereador João Victor também citou a necessidade de regras, bem como a possível flexibilização, sem que haja negligência.


REFORÇO NA FISCALIZAÇÃO


O secretário de finanças, Idelfonso Rodrigues Barbosa, afirmou que a fiscalização será reforçada para garantir o cumprimento das medidas editadas no decreto atual. Ele citou que o apoio da população é essencial neste momento para que vidas possam ser preservadas.


O promotor de justiça, Eduardo Prego, destacou as dificuldades enfrentadas para conseguir leitos de UTI no Estado, que está com ocupação máxima. Eduardo disse que reconhece as dificuldades do comércio, mas destacou que as restrições não são para penalizar comerciantes, e sim para diminuir a circulação das pessoas.


O promotor disse que no momento, não é possível flexibilizar, e orientou que os comerciantes elaborem um protocolo de intenções para que na próxima semana, novas medidas possam ser tomadas à partir da análise dos dados emitidos pela Secretaria Estadual da Saúde em relação a Covid-19, e consequentemente um novo decreto será editado com as devidas flexibilizações.


Ao final da reunião, o prefeito Vando Vitor agradeceu todos os participantes e reafirmou que a intenção da prefeitura não é fechar o comércio, e sim salvar vidas. O chefe do Executivo palmeirense disse que está disposto a realizar alterações, mas reafirmou que o Governo do Município irá seguir as orientações do Ministério Público, e pediu ainda que todos colaborem, “pois estamos no mesmo barco desta pandemia que está matando milhares de brasileiros”.

MAIS NOTÍCIAS

BOLETIM COVID-19

Nas últimas 24 horas, Palmeiras de Goiás registrou seis novos casos de Covid-19. Nove pacientes se recuperaram da doença no mesmo período.

Leia mais...

BOLETIM COVID-19

Nas últimas 24 horas, Palmeiras de Goiás registrou quatro novos casos de Covid-19. Cinco pacientes se recuperaram da doença no mesmo período. Nesta terça-feira, (12), o senhor João Fernandes de Oliveira, de 69 anos, faleceu por complicações da Covid-19. Nossos sinceros sentimentos de pesar pela perda irreparável.

Leia mais...

TORNEIO DE TRUCO ABRE INSCRIÇÕES

forme a sua dupla e venha participar do Campeonato Municipal de Truco. Será respeitado todo o protocolo de prevenção ao coronavírus.

Leia mais...

©2021 - Prefeitura de Palmeiras de Goiás - Todos os direitos reservados.
(Site URL: https://palmeirasdegoias.go.gov.br)
(Artigo URL: https://palmeirasdegoias.go.gov.br/ministerio-publico-orienta-que-comercio-continue-fechado/)